Coutinho

Coutinho é um sobrenome que advém de uma linhagem que teve como progenitor o grande servidor do Rei lusitano, Don Alonso Enríquez; o senhor Garcia Rodriguez. Este fidalgo e servidor do rei foi recompensado por sua lealdade e seus méritos, recebendo do rei o chamado "Couto de Leomil". A partir de então, Garcia Rodriguez passou a ser chamado por todos na Vila de "Couteiro".  A partir deste ato de coragem e honestidade é que se deu início às origens da família, pois os Coutinho começaram a ser conhecidos e recebidos pelo próprio Rei com muita gratidão.



Desse modo é que surgiu o vocábulo de origem judaico-portuguesa que deu origem ao sobrenome Coutinho em Portugal, e Cousiño, em Galícia, na Espanha e, posteriormente espalhou-se pelo mundo. Em vista disso, o brasão da família leva os ramos portugueses e espanhóis em homenagem aos dois países.



Na Idade Média, a palavra “couto” significava um lugar de proteção, que estava imune às punições do Rei e também às cobranças de impostos. O couto era uma região onde se podia abrigar e proteger-se de bandidos e até mesmo dos justiceiros do Rei. Isso, a menos que não tivesse ocorrido alguma traição à realeza.



Coutinho é um sobrenome que tem origem na Idade Média, de proveniência Judaico-Portuguesa, que teve seus primeiros dados registrados no século XVI, pelos seus membros que incluem personagens do governo e da nobreza de Portugal, incluindo até mesmo um arcebispo de Lisboa (conhecido por proteger judeus da perseguição da Inquisição Portuguesa). Mais tarde, no século XVII, alguns destes membros emigraram para a Holanda (Amsterdã), para a Jamaica, para Barbados e também para o Brasil.



Na história também se têm registros da família Coutinho pelo primeiro português a chegar à América; o Capitão Coutinho Desiderio e sua esposa, a Sra. Marta Quinones. Ao chegar às novas terras, logo o Capitão Coutinho comprou terras na Guatemala. Onde até os dias atuais estão guardados os registros desta compra em uma biblioteca. Assim que o Capitão faleceu, sua esposa, a viúva, Sra. Quinones de Coutiño, presenteou os trabalhadores das terras da fazenda. Logo então, a Sra. Quinones e seus filhos foram viver em uma área hoje conhecida como Tigrilla.



No mundo e no Brasil, há muitos Coutinhos bem conhecidos e que se destacam por seus talentos, conhecimento e personalidade. Alguns como, por exemplo, estes nomes: o professor, crítico literário e ensaísta brasileiro Afrânio Coutinho; o jogador de futebol Bruno Coutinho; o treinador de futebol Cláudio Coutinho; o produtor de cinema Eduardo Coutinho; a atleta Geisa Coutinho; o político uruguaio Germán Coutinho; o bispo católico José Bezerra Coutinho; o jogador de futebol Philippe Coutinho; o historiador português Carlos Viegas Gago Coutinho; o nobre português António Luís José Francisco Xavier Pereira Coutinho, entre outros grandes destaques desta admirável família.




Outros Nomes: Cameron | Letícia Maria | Kira | Sampaio | Asa | Paloma | Bruneida | Correia | Geraldo | Cabral |