Paulina

Paulina é um nome que significa pequena e é derivada da diminuição de Paula, que por sua vez é o feminino de Paulo e sua origem é do latim e de gênero feminino.



É bastante usado no Brasil por ser uma variante do nome Paula. É um nome que identifica as meninas que são extrovertidas, donas de suas personalidades, tornando-se adultas com determinismo e sempre bem relacionadas.




  • O que o nome Paulina revela?



Principalmente, seu grande desejo é o de sentir-se livre, não com o compromisso de suas obrigações, mas na sua forma de agir e de pensar.



Seu pensamento é dinâmico e aberto a mudanças, aceita e gosta de inserir coisas novas em sua rotina.



Usa a diplomacia a seu favor, o que lhe permite interagir com as mais variadas pessoas ao seu redor, sem dificuldades maiores nos relacionamento.



Outra característica marcante é sua amorosidade e atenção para com os outros. Como seu maior defeito, receia de forma exagerado ficar doente, por isso, assume uma postura saudável, priorizando uma boa alimentação.



Além disso, mantém uma vida organizada, onde são definidas as prioridades e a maneira como conquistá-la, se necessário com muito afinco, para que o resultado final seja o melhor possível.



O nome Paulina em várias nuances




  • Santa Paulina era italiana, mas, fez do Brasil seu lar. Chegou aqui muito jovem, em 1875 e logo sua inclinação para a devoção religiosa ficou evidente.



Participante ativa da Paróquia de Vígolo em Nova Trento, ela próprio deu iniciação a Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição.



Sua história de vida é linda, ressaltando sua grande dedicação aos doentes, através dos seus trabalhos em hospitais e orfanatos.



Muito caridosa, preferiu estabelecer-se em Santa Catarina e São Paulo, durante sua vida. Dedicou-se exclusivamente ao povo brasileiro, cuidando dos escravos, órfãos e idosos.



Faleceu em 1942 e foi reconhecida com sua canonização em 2002.




  • O polêmico filme, intitulado “Paulina”, retrata as injustiças contra mulheres e a violência a qual são acometidas de forma silenciosa.



Paulina é a personagem central do filme, caracterizado por uma professora da Província de Misiones, que sofre abuso de uma gangue local. A partir dai, o filme se desenvolve baseado na relação entre pai e filha, da maneira que o pai enfrenta o ocorrido com a filha.




  • Temos também a história da mestra Paulina, a cigana audaciosa, que ainda menina foi entregue a um prostíbulo na cidade de Jaraguá, Alagoas, no ano de 1815.



Na intenção de fugir desta vida, vendia frutas escondido de sua patroa, dona do prostíbulo, mas quando ela descobria aplicava castigos amargos às meninas, no entanto Paulina, acobertava quem podia para evitar tamanha injustiça.



Por isso, ela ficou conhecida como “protetora das mulheres”. Quando conseguiu fugir para Recife, ganhou muito dinheiro, conseguiu comprar uma casa. E lá, também foi o final de sua vida, morta a facadas, por uma mulher enciumada da relação entre Paulina e seu marido.




  • Paulina era um nome bem comum na família imperial do Imperador Adriano, sendo utilizado por sua mãe uma irmã e a filha de sua irmã.



Outras curiosidades sobre o nome Paulina




  • Paulina é utilizado tanto como nome ou sobrenome;

  • Nos Estados Unidos há muitos lugares com o nome de Paulina;

  • O apostolo Paulo foi quem elaborou as epístolas Paulinas, que eram cartas escritas sobre evangelização e cristianismo.



Indiferente de sua utilização o nome Paulina, nos remete a coisas boas e concretas.





Origem e Categoria: | | |
Outros Nomes: Lani | Yakecan | Edivaldo | Giovanni | Aixa | Itabira | Rejane | Sarah | Úrsula | Quitéria |