Mesquita

Mesquita é um sobrenome que pode ser de origem judaica, proveniente das comunidades judaicas da Espanha e de Portugal. O nome Mesquita provém de “mezquita”, que é o nome de povoados como “A Mezquita” (Orense), “La Mezquita de Jarque” e “La Mezquita de Loscos” (Teruel). O nome é derivado do árabe “masyid”, que significa “adoratório”, ou “lugar que se vai para adorar a Deus”.



Na Espanha existe outra forma de escrever o sobrenome, que é “de Mezquita”, ou “de Mesquita”, com “s”, para o Brasil ficou a adaptação com “s” apenas, perdendo o “de”, mas ainda há muitos membros da família registrados com o sobrenome dos ascendentes. Em Portugal também se encontra registrada a forma “da Mezquita”.



O membro mais antigo da família se chama Estêvão Pires de Mesquita, esposo da senhora Aldonça Nunes de Meireles, filha de João de Chacim de Meireles, senhor de Chacima e da quinta de Meireles, localizada Trás os Montes, em Portugal. Estêvão e Aldonça geraram Lopo E. da Mesquita, ouvidor de Vila Real da vila de Lamas, casadado com Inês da Mesquita.



No antigo reino de Valencia havia casas de Mesquitas (casas de adoração), em Albaida (1248 -1249), Valencia (1354 – 1373), Onda (1379), Alpont (1373), Alzira (1399), entre outras. 



Quando a nação judáica foi conquistada pelos romanos em 70 DC, uma enorme parte de sua população foi exilada em todo o Império Romano. E assim que muitos judeus chegaram à Península Ibérica. Os 750.000 judeus que habitavam a Espanha naquela época foram expulsos do país por um decreto real dos Rei Fernando e da Rainha Isabel. Os judeus de portugueses também foram expulsos vários anos mais tarde. Aos judeus que se convertiam ao catolicismo, lhes foi prometido perdão à expulsão. Embora alguns se converteram por escolha.



Este é um sobrenome um pouco incomum, tanto no Brasil como no mundo. Os membros estão bem distribuídos geograficamente tanto na Espanha, quanto Brasil, que são hoje os países que mais abrigam os Mesquitas.  Na Espanha, os Mezquita que lá vivem desde os tempos mais antigos, ainda estão em Galicia, Asturias, Castillas, e algumas províncias da Nova Castilla, também em Extremadura e Andalucia, os mais antigos provém da Cataluña e Aragón, e muitos ainda permanecem vivendo lá.



Para o Brasil, os primeiros integrantes da família chegaram aqui no século retrasado, aproximadamente em 1860, dirigindo-se para a região do Rio Grande do Norte. Hoje, alguns estão no Rio Grande do Sul, outros em São Paulo. Mas os dados do IBGE, não mostram detalhadamente como está realmente, em números exatos, a família no Brasil.





Outros Nomes: Neide | Rachid | Fabrizio | Evaristo | Vasti | Brian | Tainá | Higor | Gael | Giovanni |