Mendonça

Mendonça é um sobrenome que é uma adaptação para o Português do Brasil que tem origens em linguagem Basca (ou Vasco, cujo idioma oficial é o castelhano). O termo "Mendotza", que é um composto da palavra "Mendi", mais o sufixo "Hotza", que significa "montanha fria".



O sobrenome Mendonça também deriva dos antigos senhores da Llodio (uma nobre família espanhola do século XII), quando os reis católicos ofereceram a Don Juan de Mendonza o título de Marquês de Canete, pela Corte da Espanha.



A família Mendonça e este sobrenome tiveram suas origens através do bravo senhor Iñigo López, um senhor de Vizcaya (Miami), na segunda metade do século XI, cujo neto, Lope Sanchez, também senhor de Llodio e senhor de Álava, pela Irmandade de Arriaga, casou-se com Sancha Diaz, assumindo assim o sobrenome Mendonza. Seu neto, Lope Iñiguez, foi o primeiro homem a usar o sobrenome Mendonza.



O filho deste último, Iñigo Lopez de Mendonza, foi quem construiu a Torre de Mendonza no início do século XIII e participou da Batalha de Navas de Tolosa, em 1212, e ajudou a romper o cerco das cadeias que protegiam a loja do sultão Muhammad An-Nasir. Por este motivo, ao ser ornado o brasão da família, Iñigo Lopez de Mendonza acrescentou ao mesmo uma orla com correntes em honra às suas batalhas.



Na história, na política, na religião, os integrantes da família Mendonça sempre estiveram presentes, demostrando poder e o patrimônio dos membros da família, que sempre foram colossais. Um grande exemplo de riqueza é Casa de los Mendonza, na Espanha e Itália, uma casa nobre e com grande influência na história da Espanha e Itália. Também a família deixou outros legados arquitetônicos como: a Torre de Mendonza, em Avala, ou o Castelo de los Mendonza, em Manzanares, na Espanha.



Na geografia, a família também foi muito influente, deixando muitos nomes que levam o sobrenome Mendonza. Vejamos alguns exemplos: na Bolívia, em La Paz, a Plaza Alonso de Mendonza; No México há homenagens também, como em Veracruz o município de Camerino Mendonza; Na Espanha, onde grande parte da história dos Mendonça começou, ficaram nomes também, como em Madrid a Estación de Alonso de Mendonza; Na Venezuela, há a linda Plaza Cristóbal Mendonza. E, claro, não se pode deixar de comentar da conhecida província de Mendonza, na nossa “hermana” Argentina.



No Brasil, têm-se registros da primeiramente chegada da Família Mendonça no Rio de Janeiro, em 1626. Posteriormente, o Tenente José Bonifácio de Mendonça Gouveia, em seu casamento, expandiu a família em 1779, vindo de Goiás para São Paulo e deixando descendência. No Estado de Pernambuco, casaram-se Diogo de Ávila e Maria Mendonça e Sá em 1672. Também no Rio Grande do Sul, estiveram presentes com Joaquim Mendonça. E assim segue a história desta grande família que veio da Europa, e está em todos os cantos do Brasil.





Outros Nomes: Yago | Luciene | Vladimir | Bartira | Nicola | Araújo | Alexandra | Caleb | Janine | morfeu |