Vida de casados em casas separadas: Vale a pena?

Casamento: para ficar juntos, casas diferentes.

shutterstock_76988722

A rotina de casados pode ser tornar desprazeirosa, com brigas e implicâncias motivadas pequenas disputas. Mas, ainda assim, muitos casais se esforçam bastante para que o casamento dê certo. Para contornar estas dificuldades oriundas da rotina de casal, existem algumas pessoas que estão adotando um estilo de vida um pouco diferente. Para evitar os conflitos, há casais que estão resolvendo morar em casas separadas após o casamento.

Esta forma de convivência, que é um meio termo entre o namoro e o casamento tradicional, está ganhando cada vez mais adeptos. A crença é que os  relacionamentos podem durar por muito mais tempo justamente pelo fato de os dois estarem morando em casas separadas. Dessa forma, após desentendimentos, ambos terão um lugar para ir e ficar sozinhos e refletir melhor sobre determinado assunto.

Especialistas afirmam que a tecnologia é um dos fatores que fez com que este tipo de relação crescesse. Os casais sabem que, independente da distância, sempre poderão contar com ferramentas como as redes sociais, celulares  etc, para estabelecer o contato entre os dois.

O trabalho é outra razão que faz com que pessoas casadas morem separadas. Atualmente, arranjar um bom emprego não é uma tarefa tão fácil, e quando você o encontra, ele pode não ser tão próximo da pessoa com a qual você está comprometida. Por isso, a decisão de morar em casas separadas pode ser a melhor solução para a vida profissional dos dois.

Mas se você for uma pessoa muito ciumenta, isso pode acabar sendo mais complicado. É necessário confiar bastante no seu parceiro para saber que ele não irá se aproveitar da situação para se envolver com outra pessoa.

Se você gosta da idéia, converse com seu companheiro para saber quais são os pensamentos dele sobre o assunto. Muitas pessoas acham que a saudade é um fator que melhora o relacionamento, e se você é uma delas, então talvez este novo tipo de casamento lhe sirva muito bem.