Dicas: saiba como flertar com alguém na balada

Se divertir é a primeira opção, mas conhecer gente nova também é ótimo.

shutterstock_117742636
Para quem quer se divertir e conhecer pessoas novas, as baladas podem ser opções excelentes, ainda mais se você gosta de dançar. E estas festas também são ótimos lugares para paquerar, pois nesses lugares é possível conhecer um grande número de pessoas solteiras e quem sabe se interessar por alguém. No caso de acontecer algum interesse por um homem, existem alguns sinais que mostram que você está interessada nele.

Para conhecer gente diferente, o mais importante é ser simpática. Procure conversar com as pessoas durante a festa e mostrar que você é uma pessoa divertida, assim, mesmo que você não encontre um par romântico, com certeza irá fazer novos amigos. E não pense que deve conversar apenas com os homens, pois as mulheres possuem amigos, e pode ser que talvez elas tenham alguém a quem você possa ser apresentada.

Se você foi para a balada com um grupo onde há muitos amigos, certifique-se de não ficar com eles o tempo todo. Muitos homens não se sentem à vontade em se aproximar de uma mulher que está cercada por outros rapazes. Então é importante que você procure dar umas voltas somente com as suas amigas, ou então ir ao banheiro sozinha, por exemplo.

Ao conversar com alguém que te agrade, tente se mostrar interessada no que ele tem a dizer, e sorria, pois homens não  resistem a uma mulher com o sorriso bonito. Olhar diretamente nos olhos dele também é uma dica importante, pois olhar para outros lugares demonstra que você está entediada e que a conversa não está lhe agradando.

Por outro lado, se não há ninguém que lhe chame a atenção, não precisa se sentir na "obrigação" de sair do local acompanhada. As baladas também são ótimas para se sentir despreocupada e feliz. Então, procure não se focar em achar um parceiro e tente se divertir. Dançar com os seus amigos pode ser uma excelente opção. Não deixe de dar atenção para eles, e se permita ter uma noite  agradável, mesmo que desacompanhada.